Cirurgias de reconstrução vaginal


As expectativas das pacientes que procuram por este tipo de cirurgias relacionam-se não só com questões de autoestima ao querer melhorar a estética da região vulvar, mas também ao querer evitar incómodos ou dores gerados pela tração dos pequenos lábios hipertrofiados (demasiado grandes). Isto permitirá conseguir uma maior e melhor satisfação durante as relações sexuais uma vez que permite incrementar o atrito conseguido com um estreitamento do canal vaginal ou de uma reconstrução himenal.

A cirurgia mais solicitada na Clinica  Máxima Estética de todas as intervenções é a labioplastia.

A mulher moderna deseja ter melhores relações sexuais e prolongar a vida sexual, por isso a demanda deste tipo de tratamento é cada vez mais frequente, igualmente porque não exige repouso, faz-se em pouco tempo e não tem riscos para a saúde. O nível de idade das pacientes é muito variável tal como os motivos pessoais pelos quais recorrem a este tipo de procedimentos. As idades oscilam entre os 20 e os 60 anos.

As cirurgias possíveis que podem ser realizadas e que as mulheres solicitam são:

1.    Rejuvenescimento Vaginal: O Rejuvenescimento Vaginal refere-se tipicamente ao procedimento em melhorar ou corrigir o funcionamento da vagina nalgum dos seguintes aspectos:

  • Recuperar a firmeza perdida pela avançar da idade ou depois do parto.
  • Remover ou reparar cicatrizes resultantes de episiotomia.
  • Corrigir prolapsos.
  • Restauração do hímen.- (himenoplastia)
Na maioria dos casos, o objetivo do Rejuvenescimento Vaginal é o de restaurar a sensibilidade da área e aumentar o prazer sexual tanto da paciente como do seu parceiro.
Algo que têm em comum a Labioplastia e o Rejuvenescimento Vaginal é que ambos os procedimentos estão a aumentar em termos de popularidade devido à crescente demanda por parte de uma grande quantidade de mulheres; este tratamento é um dos mais frequentes no nosso centro, uma vez que é conveniente que sejam solicitados no centro de medicina estética que se acompanha de um serviço de ginecologia, como é o caso da Máxima Estética.

2.    Labioplastia: É um procedimento que consiste em realizar uma redução no tamanho dos pequenos lábios da vulva, onde se observa um excesso de tamanho e se destacam sobre os grandes lábios. Isto não só gera um inconveniente desde o ponto de vista estético, mas também transtornos na atividade normal pelo atrito e irritação dos mesmos, inflamação e alterações ao praticar desportos como andar de bicicleta, etc. É uma prática que se leva a cabo com anestesia local sedativa, em regime ambulatório. Recomenda-se 48 hrs de repouso e evitar relações sexuais durante três semanas.

3.    Himenoplastia: Consiste em reconstruir parte das bordas residuais do hímen e o estreitamento do canal vaginal que pode ter sofrido uma dilatação em consequência dos partos, aspecto que é muito frequente no nosso meio, uma vez que a grande maioria das mulheres têm vários filhos. Realiza-se com anestesia local sedativa. Requer 48 hrs de repouso e evitar as relações sexuais durante três semanas.

4.    Reconstrução do Clítoris: Realiza-se nas pacientes que apresentam um clítoris muito proeminente que lhes produz dores nas relações sexuais, que esteticamente não se sentem bem com o seu tamanho, ou quando vestem roupa ajustada. Este procedimento de redução do tamanho do clítoris realiza-se com anestesia local sedativa, é ambulatório, e sugere-se também evitar relações sexuais durante três semanas.

5.    Rejuvenescimento dos Grandes Lábios com preenchimento de ácido hialurónico: Realiza-se nas mulheres que apresentam os grandes lábios muito finos, desidratados, ou flácidos devido à idade, também como complemento da labioplastia. Injetam-se nos grandes lábios substâncias biocompatíveis de duração transitória como o ácido hialurónico; é um procedimento simples, com resultados imediatos. O ácido hialurónico que usamos na Máxima Estética é o Teosyal, um produto suíço de qualidade superior, com duração de dois anos, que se pode repetir sempre que a paciente deseje. Este tratamento permite que os lábios tenham um aspecto mais túrgido, mais liso, que esteticamente se assemelhe a um órgão sexual mais jovem. Realiza-se com anestesia local e requer repouso durante 24 hrs. Sugere-se não usar roupa ajustada durante sete dias.

6.    Aumento do Ponto G com ácido Hialurónico: O mítico ponto G é uma zona anatómica que deve o seu nome à inicial do médico que a descobriu pela primeira vez, o Dr. Ernst Grafenberg. Apesar da controvérsia, existe suficiente evidência científica publicada que certifica a sua existência e que a define como uma pequena protuberância, sensível ao tato e à fricção, dotada de inervação densa, situada atrás do osso púbico, na face anterior da vagina (a uns 3 cm da uretra) e que, ao ser estimulada, produz uma grande resposta orgásmica.
Este ponto torna-se muito mais sensível se a área se preenche bem com ácido hialurónico, para que a zona fique mais ampla e projetada e se perceba mais estímulo à fricção com o pénis, o que permite facilitar intensamente o orgasmo vaginal. A técnica realiza-se com anestesia local e tem boa recuperação, salvo que se devem evitar relações sexuais durante os primeiros 5-7 dias.

Se necessitam saber mais sobre os tratamentos, ou têm outras dúvidas, podem ligar para nós e marcar uma consulta. Ficaremos felizes em recebê-las, apoiá-las e ajudá-las para que tenham sempre esse corpo que desejam e dele possam disfrutar.

Estamos na Avenida Comandante Valódia 106,
Maculusso,
Ingombotas,
Luanda.
Contacto 917 753 834 | 930 703 362.