Intralipoterapia


Intralipoterapia: Eliminar gordura sem cirurgia

Eliminar gordura localizada sem necessidade de recorrer a cirurgia nem anestesia é o sonho de muitas mulheres que não se reveem no seu corpo. É também a promessa de uma técnica estética designada como intralipoterapia, indicada para áreas específicas do corpo como braços, papada, abdómen, face interna das coxas, glúteos e ancas. Apenas realizado por médicos credenciados, trata-se de um ato médico, não cirúrgico, equivalente a uma lipoaspiração, mas que, por não ser invasivo, não tem as complicações de uma cirurgia. 

O que é?

Consiste na infiltração de um ácido natural na gordura localizada do corpo, que vai atuar como um “detergente”, destruindo a gordura que é posteriormente eliminada de forma natural pelo sistema linfático do organismo. É uma técnica inovadora porque a solução injetada é biológica, existe na nossa bílis, que tem a função de eliminar as gorduras ingeridas na alimentação.

A que zonas do corpo se destina?

É possível utilizá-la nos flancos, papada, região interna das coxas, abdómen, braços, ancas, entre outros, em homens e em mulheres, o que resulta num emagrecimento localizado.

Como é realizada?

Começa-se com o diagnóstico, em que são identificadas e avaliadas as áreas a tratar. Depois, procede-se à injeção subcutânea da solução biológica através de uma agulha fina, diretamente no tecido adiposo da área a tratar. O tratamento é ambulatório e não requer anestesia. É normal que se sinta uma reação de ardor aquando da infiltração e, nos dias seguintes, a zona pode ficar avermelhada, podendo surgir um hematoma.

São necessários cuidados especiais após o tratamento?

As gorduras são depois eliminadas pelo sistema linfático normal, não sendo necessária qualquer dieta específica ou exercício físico nos dias seguintes ao tratamento. Recomenda-se sempre algum cuidado com a alimentação, já que, como numa lipoaspiração, se voltam os velhos hábitos, voltam as gorduras acumuladas.

Quando surgem os primeiros resultados?

Os resultados são visíveis cerca de 3 semanas depois da primeira sessão. O número de sessões varia segundo a quantidade de gordura acumulada na área a tratar, mas o normal é de dois ou quatro, com intervalos de três semanas.

Quais são as contraindicações?

Não existem contraindicações conhecidas em pacientes saudáveis. Como em todos os medicamentos e dispositivos médicos, há regras a observar e contraindicações em pessoas que já têm problemas de saúde. Este protocolo deve ser efetuado por profissionais credenciais e formados para o efeito.

Que outras técnicas permitem eliminar gordura localizada?
Ultrasum NARL 517, mesoterapia, carboxiterapia...

Contraindicações a ter em conta que impossibilitam a sua realização:

-Não deve ser aplicado em quem tem doenças agudas ou crónicas da pele no local da injeção, reações alérgicas ou anafiláticas, doenças autoimunes (diabetes, lúpus, artrite reumatoide) nem em grávidas ou lactentes.
-O tratamento é contraindicado em pacientes com distúrbios hemorrágicos e ou de coagulação.
-Não pode ser efetuado em tecidos que não sejam adiposos, como a pele, músculo, corrente sanguínea ou órgãos, nem se a espessura do tecido adiposo for inferior a 1,5 cm.
-Não pode ser feita radiofrequência nos três meses após o tratamento.


Para mais informacções pode ligar para nós pelo telefones: 995 245 608 | 917 753 834 | 930 703 362; 
ou visite-nos, estamos em:
Rua Comandante Valodia 106 R/C
Maculusso, Ingombota, Luanda. Angola.
Será um prazer atendê-lo.



Alguns textos são tomados de: http://lifestyle.sapo.pt/moda-e-beleza/corpo-e-estetica/artigos/eliminar-gordura-sem-cirurgia